Concessão de saneamento do Rio recebe em São Paulo prêmio de melhor projeto

Premiação da Bolsa de Valores de São Paulo reconheceu as melhores iniciativas em infraestrutura econômica, social e ambiental do país

Premiação da Bolsa de Valores de São Paulo reconheceu as melhores iniciativas em infraestrutura econômica, social e ambiental do país

concessao-saneamento-rio-de-janeiro

O secretário da Casa Civil, Nicola Miccione, na Bolsa de Valores paulista: ‘O Rio de Janeiro se tornou um exemplo, e esse prêmio é um reconhecimento muito importante disso’ (Foto: Divulgação)

A concessão de saneamento realizada pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro venceu, nesta segunda-feira (27/2), o Prêmio “P3C PPPs e Concessões”, na categoria melhor estruturação de projetos. A concessão concorreu com projetos de estados como São Paulo e Minas Gerais.

– O Rio de Janeiro se tornou referência em concessão de saneamento, após destravarmos esse projeto que está revolucionando o estado. Hoje, o estado já sente os impactos positivos dessa iniciativa, e as obras e melhorias são realidade. Levar água e esgoto tratados para a população é garantir dignidade, saúde e crescimento. Tenho certeza que esse é o início de uma nova era no Estado do Rio – explicou o governador Cláudio Castro.

A premiação, realizada pela B3 – Bolsa de Valores de São Paulo, reconhece profissionais, empresas e órgãos públicos que se destacam na atuação em infraestrutura econômica, social e ativos ambientais.

– Com a concessão conseguimos destravar outros projetos de saneamento no país. O Rio de Janeiro se tornou um exemplo, e esse prêmio é um reconhecimento muito importante disso. Esse projeto vai realizar a despoluição da Baía da Guanabara e reafirma a importância de levar água e esgoto tratados para a população. E nesse primeiro ano de atuação das concessionárias já estamos percebendo essa transformação. É um legado que deixará impactos por gerações – disse o secretário de Estado da Casa Civil, Nicola Miccione.

A concessão de saneamento foi realizada pelo Estado do Rio de Janeiro em 2021, em dois leilões. No total, serão investidos R$ 32 bilhões pelas concessionárias, ao longo de 35 anos, beneficiando 13 milhões de pessoas. Esse é o maior projeto socioambiental da América Latina e vai universalizar a distribuição de água e coleta e tratamento de esgoto em 46 municípios. A iniciativa serviu de modelo para outros estados.

Fonte: Governo do estado do Rio de Janeiro

Compartilhe esse conteúdo:

Siga-nos:

Parceiro de conteúdo

Digital Water

Digital Water

O DW Journal é uma fonte de notícias, artigos técnicos, estudos de caso e recursos científicos sobre o setor de águas, efluentes e meio ambiente. O DW Journal possui como missão, ser um impulsor de atividades técnico-científicas, político-institucionais e de gestão que colaborem para o desenvolvimento do saneamento ambiental, buscando à melhoria da saúde, do meio ambiente e da qualidade de vida das pessoas.

Nossos cursos

DW Journal

Nossos Parceiros

veolia_water_technologies_solutions
veolia_water_technologies_solutions
veolia_water_technologies_solutions
veolia_water_technologies_solutions
veolia_water_technologies_solutions
veolia_water_technologies_solutions
veolia_water_technologies_solutions
veolia_water_technologies_solutions

Guia do Saneamento

Produtos

Conteúdos relacionados

ANA convida atores do setor de saneamento para discutir sobre estrutura tarifária e tarifa social

ANA convida atores do setor de saneamento para discutir sobre estrutura tarifária e tarifa social

Os debates fazem parte da Agenda Regulatória da ANA para 2024 e buscam reunir os agentes do setor de saneamento para aprofundar as discussões sobre o consumo mínimo e tarifa por disponibilidade; categorias de consumidores; quantidade e tamanho das faixas (ou blocos) de consumo; tarifa Social e a nova Lei nº 14.898/2024; e outras questões relacionadas ao tema.

ler mais
Usamos cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência. Ao navegar neste site, você concorda com a nossa Política de Privacidade.