PVC-U e CPVC SCH 80 nas Estações de Tratamento de Água – ETAs

As estações de tratamento de água (ETAs) no Saneamento Básico funcionam como verdadeiras fábricas para produzir água potável. O processo convencional de tratamento de água é dividido em fases e em cada uma delas existe um rígido controle de dosagem de produtos químicos e acompanhamento dos padrões de qualidade.


FASES DO TRATAMENTO:

Pré-cloração – Primeiro, o cloro é adicionado assim que a água chega à estação. Isso facilita a retirada de matéria orgânica e metais.
Pré-alcalinização – Depois do cloro, a água recebe cal ou soda, que servem para ajustar o pH* aos valores exigidos nas fases seguintes do tratamento.
*Fator pH – Um pH de 7 é neutro; um pH abaixo de 7 é ácido e um pH acima de 7 é básico ou alcalino. Para o consumo humano, recomenda-se um pH entre 6,0 e 9,5.
Coagulação – Nesta fase, é adicionado sulfato de alumínio, cloreto férrico ou outro coagulante, seguido de uma agitação violenta da água. Assim, as partículas de sujeira ficam eletricamente desestabilizadas e mais fáceis de agregar.
Floculação – Após a coagulação, há uma mistura lenta da água, que serve para provocar a formação de flocos com as partículas.
Decantação – Neste processo, a água passa por grandes tanques para separar os flocos de sujeira formados na etapa anterior.
Filtração – Logo depois, a água atravessa tanques formados por pedras, areia e carvão antracito. Eles são responsáveis por reter a sujeira que restou da fase de decantação.
Pós-alcalinização – Em seguida, é feita a correção final do pH da água, para evitar a corrosão ou incrustação das tubulações.
Desinfecção – É feita uma última adição de cloro no líquido antes de sua saída da Estação de Tratamento. Ela garante que a água fornecida chegue isenta de bactérias e vírus até a casa do consumidor.
Fluoretação – O flúor também é adicionado à agua. Ajuda a prevenir cáries.

APLICAÇÃO DO PVC-U ou CPVC:

Produtos Químicos usados no Tratamento de Água Compatibilidade Química

DESENHO ESQUEMÁTICO:

Saiba mais sobre PVC-U

O policloreto de vinila, comumente chamado pela sua sigla “PVC”, consiste em um termoplástico originado a partir da polimerização de cloretos de vinila, do qual se tornou amplamente empregado devido a sua capacidade técnica permitir a realização segura e eficaz da condução de fluidos, incluindo o PVC-U.

Sendo uma variação, o PVC-U se trata do policloreto de vinila não plastificado, portanto, este não foi submetido a adição de determinadas substâncias químicas a fim de amolecer a sua estrutura, como o que ocorre com o PVC tradicional.

O grande diferencial do PVC U está no fato deste possuir maior rigidez. Logo, é altamente utilizado para a elaboração de tubos e outros componentes hidráulicos destinados a formarem redes de condução em instalações industriais.

Saiba mais sobre CPV SCH 80

CPVC Industrial SCH80 é indicado para tubulações industriais, fabricado com as mais rigorosas normas norte-americanas e pode conduzir fluidos com temperaturas até 80ºC.

Possui ampla capacidade de condução de produtos químicos e fluidos agressivos. É utilizado em diversos processos industriais e apresenta grande resistência mecânica.

Fonte: Hidrodema

Solicite seu orçamento on-line: contato@digitalwater.com.br