Estudo de Caso: Gerador de Ozônio Como, Itália

Planta tratamento de efluentes em Como, Itália, melhorias da De Nora Water, apresenta economia significativa. Reduzindo dos custos de energia e manutenção, expansão das capacidades de tratamento no coração da unidade fabril.

logo_de_nora

A estação de tratamento de efluentes Lariana Depur em Fino Mornasco, Itália, trata as águas residuais de vários fabricantes têxteis na região de Como, conhecida como coração da indústria têxtil. Desde 1994, o ozônio tem sido usado efetivamente como oxidante para remover a cor azul-roxa escura – o resultado dos corantes usados no processo de tingimento e impressão têxtil – da água.

Como o Sistema de ozônio antigo usava uma tecnologia ultrapassada, que tornava as peças difíceis e caras de adquirir, Lariana Depur solicitou uma proposta para um sistema de ozônio moderno que seria mais econômico e atenderia aos novos padrões.

A De Nora forneceu um pacote completo de engenharia e Equipamentos para uma versão atualizada do sistema de ozônio, otimizando a planta para menor consumo específico de energia (SEC) e peças de reposição mais baratas, resultado de tecnologias inovadoras, incluindo o design dielétrico de propriedade da De Nora. O novo Sistema instalado no início de 2018, consiste em dois geradores de ozônio CAPITAL CONTROLS® DTPF 182XTL-O com um sistema de alimentação de oxigênio líquido; unidades de destruição de ozônio; fonte de alimentação e sistema de difusores porosos redesenhado para otimizar eficiência de transferência de ozônio. Cada gerador de ozônio é projetado para uma capacidade de 600 kg/dia.

ozonio

Leia também: